Designer brasileiro Walter Rodrigues palestra no Circuito de Moda AmpeBr

10/12/2017
Tamanho da letra: A- A+

Como parte da programação de seu Circuito de Moda, a Associação das Micro e Pequenas Empresas de Brusque e Região (AmpeBr) realizou no dia 6 de dezembro, a palestra ‘Conexão Inspiramais - Inspirações e tendências para o Verão 2019’, apresentada pelo renomado designer brasileiro  Walter Rodrigues. O evento, realizado no Cine Gracher contou com a presença de diversos empresários, confeccionistas, profissionais da moda, estudantes e demais interessados não só em saber quais as tendências da estação, mas também em formas de se inspirar e desenvolver suas marcas e identidades.


O Circuito iniciou no dia 22 de novembro, com a palestra ‘Tendências de Inverno 2018: apostas e peças-chaves’, com Rodrigo Zen. Já no dia 29 de novembro, no Hotel Monthez, foi realizada a palestra ‘Diálogo sobre Branding  - Construção de Marcas’, ministrada pela estilista Renata Abranchs. A programação de palestras teve como objetivo oferecer ao público de Brusque e região a oportunidade de trocar ideias com profissionais renomados, discutir sobre as tendências das próximas estações e inspirar o setor de confecção e da moda para desenvolver cada vez mais produtos de qualidade. “O Circuito de Moda AmpeBr veio para fechar com chave de ouro as ações da AmpeBr em 2017. Tivemos três palestras importantes e procuramos trazer ao nosso associado a oportunidade de ele ter informação para estar preparado, para acertar mais em seus mostruários.  E essa palestra do Walter, com certeza veio corar tudo isso. Ficamos muito felizes e temos o sentimento de dever cumprido”, declarou na oportunidade o presidente da AmpeBr, Ademir José Jorge.


 


Processos de inovação e produção


Ao longo de sua apresentação, Rodrigues trouxe o ‘Conexão Inspiramais’, com um conteúdo que antecipa as inspirações e referências para o setor de componentes e sistema de moda, como calçados, acessórios, e vestuário.


Além disso, apresentou também a ‘metodologia da pirâmide’, desenvolvida pelo Inspiramais que traz a importância da inovação, de processá-la, e de massificá-la na moda. Segundo o método, para o desenvolvimento de produtos são necessários, 10% de criação autoral e busca pelo novo; 30% de aposta no processo de inovação; e 60% é a massificação - processo  que hoje leva em torno de 24 a 36 meses para que um ponto de inovação chegue nesse último patamar, ou seja, na base da pirâmide.“O que temos feito no Brasil é apresentar toda essa percepção de pesquisa que é baseada no comportamento do consumidor. Ou seja, ela não é apenas uma revisão  de vitrine ou de viagem ao exterior. Temos uma preocupação muito maior de criar um conteúdo que realmente faça as pessoas pensarem e descobrirem, através de suas experiências, percepções e de sua intuição. É necessário acreditar naquilo que faz, naquilo que imagina, e a partir disso, criar um caminho de moda”, frisou.


 


Busca pela identidade


Outro aspecto abordado pelo palestrante foi um panorama do cenário do mundo, e do que é possível fazer na moda. Para o designer, atualmente o país já possui muitos produtos, então é necessário que cada vez mais as empresas invistam em suas identidades. “O Brasil precisa de marcas, que tenham opinião, e que sejam reconhecidas no mercado como inovadoras. Mas inovadora no sentido de ter todo um planejamento de business, porque ninguém vive só de 10% de inovação, nem só de 60% de massificação do produto. Ou seja, se sou pequeno, como vou concorrer com um grande, por exemplo, com uma capacidade de produção gigantesca? Então por ser pequeno, às vezes se tem mais chances de crescer como marca, porque é possível ter muito mais força de imprimir um estilo, e uma maneira de pensar a moda”, destacou.


 


Caminho certo


Em relação à palestra e a oportunidade oferecida pela AmpeBr aos seus associados, o designer falou sobre como a entidade é visionária pelas ações que promove constantemente às micro e pequenas empresas da região. “Atuei no mercado do vestuário por 20 anos e sempre disse que o brasileiro ‘tira água de pedra’. É magnífico saber que em um polo como Brusque, Santa Catarina está muito bem representada com uma sequência de vestuário muito forte, que tem isso em seu DNA. Sabemos que informação tem por todo o lugar e o mais difícil é as empresas captarem isso e construírem produtos muito interessantes. O mercado não quer só preço, ele quer produtos interessantes, encantadores. Por isso fico muito feliz de participar do Circuito e, fazer a conexão do Inspiramais e da AmpeBr, que para mim é muito importante, pois agrega valor em tudo aquilo que a gente entende como inspiração, e empreendedorismo. Que nada mais é tudo o que buscamos nesse país: gente séria, capaz, e inspiradora. E acho que estou no lugar certo vindo aqui”, ressaltou o designer.


A palestra foi realizada pela entidade em parceria com a Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal).


O ‘Conexão Inspiramais’ é realizado pela By Brasil Components and Chemicals – ação de incentivo às exportações executada em parceria entre a Assintecal e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil).


 


O palestrante


Sobre o palestrante, Walter Rodrigues iniciou sua carreira em 1983, como stylist na Revista Manequim – Editora Abril, em São Paulo. Em 1992, lançou uma marca de roupas com seu nome, a primeira marca brasileira a participar de uma semana de moda brasileira no Phytoervas Fashion em 1994. De 2002 a 2006 participou da Semana de Moda de Paris e em 2012 encerrou seu projeto de confecção. Hoje atua como consultor na área de design de produto, e é coordenador do Núcleo de Design e Pesquisa da Assintecal, consultor do Instituto By Brasil e curador do setor de calçados, bolsas e roupas em couro da Câmara de Comércio de Bogotá – Colômbia.

Voltar